sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Pressa para a faculdade?


A quem diga que a famosa pergunta "E as namoradinhas (os)" seja perturbadora, mas acredito que quando começam a perguntar "E a faculdade?" seja ainda mais.

Passamos a infância inteira almejando a fase adulta, esquecemos que com ela, vem inúmeras responsabilidades, e logo no começo dela nos deparamos com o que parece uma das escolhas mais importantes de nossas vidas, pois é a partir daí que vamos dar início a uma carreira, podendo conquistar a nossa independência.


Quando somos adolescente, muitas vezes queremos que tudo seja imediato, queremos ter certeza de tudo, tudo pra ontem. Todos os acontecimentos, as respostas, todas as certezas. Somado a isso ainda vem toda aquela pressão. De um lado seus amigos, muitos deles iniciando essa nova fase, alguns parecem certos de suas escolhas, outros só deixando a maré levar. Do outro lado seus familiares, todos dizendo o quão importante é esse ciclo e te cobrando uma decisão.

E em meio a tudo isso você se pergunta se é errado não querer isso agora, ou não ter certeza se realmente quer. Então... o que fazer?


Não, não tem nada de errado nisso! 

Eu sempre tive a ideia de que a faculdade deveria ser um lugar para o qual eu fosse por prazer, matérias das quais eu fosse gostar (não todas claro), livros que eu realmente quisesse ler... Enfim, um conteúdo que iria gostar de aprender e ter interesse, tendo em vista que sairia dali para um trabalho.

Inúmeras pessoas começam sem a menor ideia do que querem fazer, algumas dão sorte, e gostam do curso que escolheram em primeira mão, já outros... Alunos que não queriam fazer aquele curso, alunos que não se dedicam, que não querem trabalhar na área, e etc... Ou seja, um futuro profissional mal qualificado.  E a ideia é se qualificar.

E para isso, existem outras possibilidades, como cursos técnicos, profissionalizantes, cursos rápidos
e etc, o bom desses cursos é que muitas vezes eles podem te dar uma ideia do que você quer realmente fazer. Por exemplo, você gosta de administração mas não tem certeza se é isso que quer. Pode fazer um curso de auxiliar administrativo e caso goste isso já será uma vantagem nos estágios da faculdade.


E aos que se perguntam: Fazer faculdade ou trabalhar?

Se você não tem condições financeiras para cursar uma faculdade, pode optar por uma pública, ou até mesmo pelo Prouni, pode estudar por meio de vídeo aulas, sites, blogs, visitar bibliotecas, e até fazer monitoria em alguma faculdade privada, pois isso disponibiliza bolsas de estudo. Pode optar também pelo FIES, ou Pravaler. 
Além disso se optar por uma universidade privada, muitos alunos trabalham durante as suas graduações. Pode também tentar uma vaga na própria universidade para conseguir bolsa de estudos 100%.  
Agora, se a sua intenção é conseguir independência mais rápido, e optou por esse método, vale a pena lembrar que o mercado está cada vez mais competitivo, quanto mais preenchido for o seu currículo, melhor ao seu favor. A graduação será uma das maiores vantagens na concorrência com os demais candidatos disputando por uma vaga. 


O problema é, com tudo isso nos perguntamos se estamos perdendo tempo. Seja nos anos de cursinho, no curso técnico ou nas incertezas quanto a escolha da graduação...

Se você não sabe se é isso mesmo o que quer fazer, tenha em mente que você não precisa ter essa resposta agora, e não seria bom fazer algo do qual não quer fazer, porque quando fazemos o que gostamos nos dedicamos mais, e não nos deixamos levar tão fácil pelos incidentes no percurso. 
Se quer tentar algum, mas está com medo de desistir no meio do caminho, NÃO tem problema. Pode parecer clichê dizer isso, mas o importante é tentar, e não ficar parado. E no final, é melhor descobrir que não gosta durante o curso, do que após terminar, trabalhando na área e talvez não tendo tempo para procurar outra. Ficamos tão focados com a necessidade de ter as respostas no momento exato que não olhamos as oportunidades ao nosso redor. 

9 comentários:

  1. Sempre achei isso perturbador, nunca tive certeza do que queria fazer da vida, aliás, talvez não tenha até agora. Depois de alguns anos parada, resolvi começar um curso para ver se me adaptava, deu certo :D

    www.eucurtoliteratura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tainan! Tudo bem?
      Que legal, espero que tenha se encontrado, acho muito bacana fazer cursos para ter uma noção melhor, por exemplo, ir fazendo alguns cursos rápidos ou técnicos, assim descobrimos na pratica o que realmente nos interessa.
      Obrigada pela visita ^-^

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Adorei o post e sempre achei muita pressão exigir que as pessoas escolham suas profissões assim. Fui para a faculdade assim que saí do ensino médio e me arrependi muito da escolha que eu fiz. Só depois que terminei o curso fui fazer algo que realmente gostava.

    Amei o blog e já estou seguindo :D
    Beijos
    http://www.blogcarolnm.com.br
    https://www.facebook.com/blogcarolnm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carol! Tudo bom?
      Acho que a maioria das pessoas seguem o mesmo caminho que o seu, eu também estou, mas sabe quando você completa praticamente o curso inteiro e e não quer largar?
      Obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Acho que 17-18 anos não é e nunca vai ser a idade certa para você escolher o que deseja faze para o resto da vida, claro que existem alguns poucos que já mostram vocação para determinada profissõ desde muito pequenos, mas são casos muito raros. Mas acho que depende muito de cada um!
    Xerim :)
    www.trilouca.com
    Meu canal: http://www.youtube.com/c/blogtrilouca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Demara! Tudo bom?
      Eu também acho cedo, principalmente quando os pais colocam pressão e a pessoa acaba não escolhendo por si própria.
      Beijos, obrigada pela visita.

      Excluir
  4. Uau, inspirador! Muitas pessoas não sabem o que querem, outras não tem nem ciência do que as esperam na graduação... Eu, amei as dicas que foram abordadas aqui, realmente é uma saída e uma oportunidade para conhecer a area sem muitas "surpresas".. Simplesmente adorei ♥

    http://www.lealbuquerque.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Le! Tudo bem?
      Fico muito feliz que tenha gostado, sempre vamos encontrar surpresas, mas esperamos que boa parte delas sejam boas <3 Obrigada pela visita.

      Excluir

Obrigada pela visita!